EndoPelvic - Centro Multidisciplinar de Endometriose
Acesso restrito Acesso Restrito

Adriana

Meu nome é Adriana, tenho 35 anos, e sinto cólicas desde minha primeira menstruação.

Mas com o passar dos anos as dores foram aumentando cada vez mais. Sempre comentava com minha ginecologista, porém ela sempre dizia que era normal e apenas me passava remédios para aliviar a dor.

No ano de 2014 decidi trocar de ginecologista, este me pediu para fazer uma ressonância e no resultado descobri que tinha a ENDOMETRIOSE. Este profissional me disse que não havia nenhum tratamento para esta doença. Inconformada  troquei mais uma vez de médico que deu a mesma opinião.

Passaram-se mais uns meses e decidi engravidar, tentei por um ano sem sucesso. Minhas cólicas passaram a ficar insuportáveis atrapalhando minha vida profissional e social, não conseguia sair da cama de tanta dor, e o remédio que costumava tomar não fazia mais efeito a ponto de ter que ir ao hospital e tomar por via venosa. Foi após esse fato em Dezembro de 2014 que me indicaram o Dr. Luciano, que na primeira consulta apenas com meu relato diagnosticou a ENDOMETRIOSE, e disse que a solução era a cirurgia.

Senti tanto medo ,chorei muito, mas com o apoio de minha família, amigos e fé em Deus fui firme e forte rumo a cirurgia no dia 26 de Fevereiro de 2016. Graças à Deus e às mãos do Dr. Luciano e Dr. Roberto Heleno a cirurgia foi um sucesso.

A cirurgia foi feita através de videolaparoscopia. Retiraram meu apêndice, 10cm do intestino, 4,5 cm da bexiga, além de focos no útero. Fiquei internada durante seis dias. Retirei o dreno com 10 dias e a sonda com 13. Um incomôdo terrível, não tinha posição para dormir. O importante é que passou e correu tudo bem.

Faz 8 meses que fiz a cirurgia e não sinto mais aquelas dores que tanto me atormentavam no período menstrual. Agora estou na tentativa de engravidar, um grande sonho que ainda irei realizar.