EndoPelvic - Centro Multidisciplinar de Endometriose
Acesso restrito Acesso Restrito

Livia Campos

Meu nome é Lívia tenho 32 anos e hoje com endometriose controlada. Em setembro de 2018 comecei a sentir fortes cólicas e muito incomodo intestinal. Tomei alguns remédios por um tempo, mas a dor não passava. No final de Outubro de 2018, meu ginecologista me encaminhou para Dr. Luciano que após analisar meus exames de ressonância da pelve e histerossalpingografia constatou que meu caso era cirúrgico. Me encaminhou também para Dr. Roberto Heleno, pois aparentemente haviam lesões na endometriose no intestino, fiz uma colonoscopia que demostrou com mais exatidão estas lesões. Nas vésperas da cirurgia fiz outra ressonância da pelve com mais definição das imagens e constatou-se também lesões no ureter.

Devido ao meu trabalho fiz a videolaparoscopia somente em Março de 2019, até então tinha que conviver com a dor e tomando remédios fortes todos os dias para amenizar os incômodos, pois além disso meu intestino não funcionava corretamente. Não tinha nem vontade de sair de casa, pois sabia que assim que passasse o efeito do analgésico eu ficaria inquieta.

Após a cirurgia minha recuperação foi tranquila, fiz o repouso, me alimentava de alimentos bem cozidos de fácil digestão e não pegava peso. Meu intestino agora funciona bem. Depois disso só tenho a agradecer primeiramente a Deus, Dr Luciano e toda sua equipe pelo trabalho. Não sinto mais nenhuma dor.